“Estive doente e visitaste-me” Mt 25, 36

Nesta frase resume-se esta obra de caridade que é visitar um doente ou um idoso que precisa de atenção, de ser escutado ou por vezes de um simples sorriso.

É uma tarefa nobre que requer uma preparação cuidada, de forma a tornar este acto digno para aqueles que se encontram numa situação de carência afectiva ou espiritual.