A Páscoa, para mim, é a alegria de olhar em frente. Para trás fica muito caminho andado, às vezes percorrido com muito suor, sofrimento, incompreensões e lágrimas; fica uma carga despejada e perdoada de pecados, fraquezas e fragilidades, malícias e maldades; para trás ficam muitos e bons momentos e experiências vividas de acontecimentos salvadores.
A alegria da Páscoa de Jesus Cristo é a alegria de olhar para a frente, mesmo que nos pareça contra toda a esperança. Será garantidamente remar contra a corrente, procurando não se deixar arrastar pela enxurrada que parece capaz de tudo destruir. Com toda a verdade, não espero ver vencida a crise económica enquanto os valores fundamentais não forem ressuscitados dos escombros desta derrocada social, moral e religiosa. Mas porque acredito viverei a alegria pascal: a de olhar em frente. Sempre. (P. C. L.)

Deixar uma resposta