Mudar de ideias pode ser uma boa opção. Mudar de comportamentos pode ser outra boa opção. Porém, estar a toda a hora a mudar de ideias e comportamentos significa a insegurança ou a incapacidade de assumir projectos e caminhos.
Sente-se na igreja católica um contínuo vai e vem: Hoje gosto, quero, concordo, colaboro, peço os sacramentos … Amanhã, porque algo mudou em mim ou à minha volta, tudo é diferente: já não acredito, Deus já não existe, a Igreja é um engano, as pessoas mudaram…
Diferentes pontos de vista em assuntos não essenciais são suficientes para deixar de vir à missa, para deixar de rezar, e até para me afastar de Deus. Um caminho, às vezes já longamente percorrido termina abruptamente por uma coisa de nada.
É preciso tomar opções e não andar ao sabro do vento :«Se não vos agrada servir o Senhor, escolhei hoje a quem quereis servir” «Também vós quereis ir embora?» P.C.L.

Deixar uma resposta