21-28-abril-2013

Só aqueles que nos causam admiração, pela sua forma de ser ou de estar se podem tornar nossos modelos. É isto que nos leva a seguir ídolos ou mestres, mercenários ou pastores. Nem sempre os ídolos são modelos, nem sempre os professores são mestres, e nem sempre os guardadores do rebanho são pastores. Seguir aqueles, cujos caminhos nada me dizem, pode gerar gravíssimas consequências, levando a minha vida à ruína.
Olhando superficialmente, a sua simpatia poder-nos-á seduzir mas nunca nos levará ao mais profundo do ser. O segredo não está na superficialidade (paixão) mas está na forma como se entra na profundidade (amor), quando os olhos e o coração vêem mais além.
O chamamento que Deus nos faz (vocação) só se compreende e se acolhe, quando Deus for Alguém a quem eu deixo entrar no mais íntimo de mim próprio, como amigo-confidente, como modelo e mestre de novos estilos de vida, como Voz que me é familiar. (P.C.L.)

Deixe uma resposta