Nesta hora da Igreja, tão importante como todas as outras horas, precisamos de tomar consciência de que a sarça, que não se apaga nem se consome, continua a iluminar os caminhos da nossa Igreja. Não somos donos de uma Igreja à nossa medida, por nossa conta e risco, mas somos a Igreja de Jesus Cristo, animada pelo Espírito. Se assim não fosse, … nós e os outros, os do passado e do presente já a teríamos feito desaparecer.
“Quem está de pé, tenha cuidado para não cair.” O alimento espiritual, que nos dá a força para percorrer caminhos enlameados pelo pecado sem nos deixarmos atolar na corrupção e na sujidade, permite-nos olhar com confiança para o futuro. Podemos, pela graça de Deus actuante em nós, ser melhores que os outros, se quisermos lavar a nossa vida, assumindo corajosamente o nosso pecado e aceitando humildemente o perdão de Deus. P.C.L.

Deixe uma resposta